Total de visualizações de página

AVISO IMPORTANTE

AVISO IMPORTANTE

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

01/2018 MUDANCA DE DOMINIO


 EM BREVE ESTAREMOS MUDANDO DE DOMÍNIO, HOJE UTILIZAMOS O WWW.REDTUBE9.COM NO QUAL O NOVO DOMÍNIO SERÁ ACRESCENTADO O BR (WWW.REDTUBE9.COM.BR, FIQUEM ATENTOS PARA ESSA MUDANCA.

REDTUBE9 AGRADECE A COMPREENSÃO DE TODOS.

Jovem anuncia transição de gênero, família vibra com notícia e vídeo viraliza.

"A partir de agora vocês não têm uma sobrinha, uma neta e uma filha. Vocês têm um sobrinho, um neto e um filho", diz Artur Monterisino no vídeo

Aproveitando que a família estava reunida para a ceia de Natal, o estudante de administração Artur Monterisi, de 20 anos, deu uma das notícias mais libertadoras de sua vida. O morador de Campina do Monte Alegre, interior de São Paulo, revelou que estava passando pela transição de gênero.

s. A gravação, feita no dia 24 de dezembro, mostra o rapaz ao lado de uma árvore de Natal. Ele pede a palavra para contar sobre a transição de gênero e começa o discurso dizendo que não sabe como falar sobre o que está passando sem que isso parecesse uma “bomba”.

Total apoio da família

Arthur explica que com o apoio da mãe, começou, no início do ano passado, o processo de transição. “A partir de agora vocês não têm uma sobrinha, uma neta e uma filha. Vocês têm um sobrinho, um neto e um filho”, disse o estudante no vídeo. Após o anúncio, a família teve a melhor reação possível. Sim, todos vibraram com a notícia!
Fonte: iGay - iG @ http://igay.ig.com.br/2018-01-10/transicao-de-genero-reacao-familia.html
O momento em que o jovem deu a notícia foi filmado e viralizou nas redes sociais. A gravação, feita no dia 24 de dezembro, mostra o rapaz ao lado de uma árvore de Natal. Ele pede a palavra para contar sobre a transição de gênero e começa o discurso dizendo que não sabe como falar sobre o que está passando sem que isso parecesse uma “bomba”.

Total apoio da família

Arthur explica que com o apoio da mãe, começou, no início do ano passado, o processo de transição. “A partir de agora vocês não têm uma sobrinha, uma neta e uma filha. Vocês têm um sobrinho, um neto e um filho”, disse o estudante no vídeo. Após o anúncio, a família teve a melhor reação possível. Sim, todos vibraram com a notícia!
Fonte: iGay - iG @ http://igay.ig.com.br/2018-01-10/transicao-de-genero-reacao-familia.html

O momento em que o jovem deu a notícia foi filmado e viralizou nas redes sociais. A gravação, feita no dia 24 de dezembro, mostra o rapaz ao lado de uma árvore de Natal. Ele pede a palavra para contar sobre a transição de gênero e começa o discurso dizendo que não sabe como falar sobre o que está passando sem que isso parecesse uma “bomba”.
Total apoio da família
Arthur explica que com o apoio da mãe, começou, no início do ano passado, o processo de transição. “A partir de agora vocês não têm uma sobrinha, uma neta e uma filha. Vocês têm um sobrinho, um neto e um filho”, disse o estudante no vídeo. Após o anúncio, a família teve a melhor reação possível. Sim, todos vibraram com a notícia!





Os familiares começaram a gritar frases do tipo: “Nasceu”, “Seja bem-vindo”, “Quero tirar a primeira foto com o Arthur”. Em seguida, as pessoas se levantaram e foram abraçar o jovem em clima de total felicidade.
Na legenda do vídeo, o universitário colocou: "Esse Natal eu finalmente criei coragem e contei pra minha família sobre minha transição, fiquei muito emocionado e muito feliz com a reação. Muito obrigado". 

Repercussão muito positiva 
O vídeo foi postado no Facebook e viralizou. A publicação já soma 363 mil visualizações, 8,4 mil reações e 5,1 mil compartilhamentos. Nos comentários, os internautas afirmam que ficaram emocionados com a reação da família de Arthur.
 

Corte Interamericana de Direitos Humanos defende reconhecimento de casamento gay

Tribunal considera criação de figura jurídica à parte para reconhecer os casamentos homossexuais inadmissível por ser discriminatória.

A Corte Interamericana de Direitos Humanos (CorteIDH) defendeu nesta terça-feira (9) o reconhecimento do casamento entre pessoas do mesmo sexo e a extensão a estes casais dos mesmos direitos concedidos aos heterossexuais.
O tribunal emitiu esta recomendação como resposta a uma consulta da Costa Rica sobre o tema, ao apontar que a orientação sexual e a identidade de gênero são categorias protegidas pela Convenção Americana dos Direitos Humanos, tratado do qual o Brasil também é signatário.
A Corte Interamericana, sediada em San José da Costa Rica, decidiu que "todos os direitos patrimoniais que derivam do vínculo familiar de casais do mesmo sexo devem ser protegidos sem discriminação alguma em relação aos casais heterossexuais".

Todos os direitos

O tribunal acrescentou que esta proteção vai além das questões patrimoniais e envolve todos os direitos reconhecidos aos casais heterossexuais na legislação de cada Estado.
O organismo considerou inadmissível a criação de uma figura jurídica à parte para reconhecer os casamentos homossexuais, o que "configuraria uma distinção baseada na orientação sexual da pessoa, algo discriminatório".
A Costa Rica realizou a consulta na CorteIDH em maio de 2016 sobre o direito da população transgênero de mudar legalmente sua identidade e sobre os direitos dos casais homossexuais.
A legislação da Costa Rica não reconhece o casamento entre pessoas do mesmo sexo, mas tem avançado na admissão de seus direitos patrimoniais.

 

segunda-feira, 6 de março de 2017

Disney Channel, nos EUA, exibe primeiro beijo gay na TV.


Segundo a Revista Attitude, a Disney Channel exibiu nos EUA o primeiro beijo gay em um desenho animado produzido pela Disney. O episódio da animação “Star vs. as Forças do Mal”, teve beijo entre dois homens, beijo entre duas mulheres e beijo entre casais formados por um homem e uma mulher.
Os beijos fazem parte de um número musical chamado “Apenas Amigos” (Just Friends) onde Star está com seu melhor amigo em um show quando todos os casais que estão no público começam a se beijar.
A cena dura poucos segundos e, segundo a mesma revista, o episódio causou controvérsia entre os jovens americanos, principalmente porque Star e Marco não ficaram juntos no final.
Nas redes sociais a polêmica gerada por grupos anti-LGBTs é com o envolvimento das crianças que assistem. Por outro lado, especialistas da área de edução e psicologia deixam claro que é só um beijo. E que ninguém é influenciado por isso. Se assim fosse, não existiriam gays, visto que todos eles cresceram vendo beijos heterossexuais nas novelas, filmes e TVs e nem por isso ˜se tornam heterossexuais˜.
Assista ao trecho aqui: